Monthly Archives: Julho 2007

Últimas

… afinal nesta terra há gatos…

Ena man… I Wanna fly through the window. Se não fosse o novo dono a agarrar-me já lá estava a meter-me com ele.

Que é isto??? Quem o autorizou a passear por aqui? Hum?

Este pedaço de pátio é meu.

Anúncios

Caprichosa

Ando um bocado caprichosa, tenho que confessar. Só gosto de ir à rua com os meus 2 donos. Quando vou só com um, faço birra, e começo logo a pedir para ir para casa. Hoje já ouvi um raspanete por causa desta atitude. Mas não percebo porque é que não podem vir os 2.

É aquela mania muito humana de que têm sempre muita coisa para fazer.

Café

Não gosto quando os meus donos vão ao café; tenho sempre que ficar à porta. É muito aborrecido. Numa carta de Paris, o Henrique disse-nos que os cães podem entrar nos cafés sem problemas. Alguém quer abrir um café, onde nós sejamos bem-vindos? 

Hoje fui à

… janela da sala. Vi um miúdo todo loiraço e jeitoso a brincar com a dona… mais precisamente, ela estava a tentar fugir dele, mas ele persistente, não deixou de correr atrás dela. Já se foram embora. Que pena.

Esta casa não tem varandas à minha altura, a mais baixa não dá para ver a rua. Tenho que esperar que a minha dona se lembre de me por ao colo. Nunca consigo ver os gatos, os pombinhos, nem sequer os cães desta terra. Será que existem?

Estou a atacar o JP… é o único que nunca foge das minhas lambidelas. Ele não percebe que quero fugir deste calor e ir ver os outros canitos cá da terra…

Passeio nocturno

Vamos mesmo para ao pé do rio. Os meus donos sentam-se no paredão, muito pequeno, e ficam a conversar. Eu observo tudo o que passa à minha volta, mas o que eu queria mesmo era dar um salto para o rio. O meu dono percebeu, pôs-me a trela, e pude aproximar-me mais um bocado. Não foi bem o que eu queria, mas já foi qualquer coisa. No regresso encontrei uma garrafinha debaixo de um carro. Ainda eles estavam com aquela conversa do “não”, “anda cá” e já tinha a garrafinha na boca! Foi pena foi não me ter divertido com ela -destrui-la e isso-, como costumo; há um ecoponto pelo caminho. Agora a minha dona está a ver o “extras” na rtp2 e eu vou deitar-me no chão, que não se pode com este calor.

Estou aqui

… desde ontem e já sei que o blog vale: $2 300.

Ena ena…

Calor (2)

A minha dona anda um bocado abalada com o calor; passou o dia todo mal disposta. O meu dono bem lhe dizia “tens que comer”, mas ela não lhe ligava nenhuma. Só agora ao fim da tarde é que fomos passear os 3. Mas não se pode andar na rua. Aqui em casa ninguém gosta deste tempo.